Estado dá luz verde a refinaria que aproveitará resíduos florestais

Promotores vão candidatar o investimento de 118 milhões de euros a fundos comunitários

O projeto Biorefina-Ter, da Associação BLC3, focada no desenvolvimento da região Interior Centro do País, acaba de assegurar o apoio do Estado para o que os promotores dizem ser o maior projeto tecnológico português a concorrer a fundos comunitários. Trata-se de uma refinaria que irá converter resíduos florestais e agrícolas em biocombustíveis e que espera vir a receber até 50% de fundos comunitários para o investimento de 118 milhões de euros.

O Estado, através do Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG), já se tinha associado ao projecto, mas agora assume formalmente o compromisso de o apoiar financeiramente.

 

in Jornal de Negócios - Principal a 19 de julho de 2012

Documentos

Pesquisar nesta área