Schneider Electric Portugal e LNEG vão colaborar na gestão da energia

"Estamos perante uma parceria que pode organizar e impulsionar o setor energético em vários segmentos."

A empresa de gestão de energia Schneider Electric Portugal e o Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG) celebraram recentemente um protocolo para a implementação da inovação tecnológica sustentável no domínio da eficiência energética, no sentido de desenvolver de forma sustentável a economia portuguesa.

Segundo um comunicado da empresa, "o protocolo dá-se, por um lado, com o objetivo de mobilizar esforços para organizar a oferta e os serviços comuns e, por outro, de encontrar recursos e novas tecnologias que permitam reforçar a promoção e a oferta do setor energético dentro e fora de Portugal".

"Estamos perante uma parceria que pode organizar e impulsionar o setor energético em vários segmentos. É nossa intenção criar as condições necessárias para que profissionais, futuros profissionais e o próprio mercado energético sejam dotados das tecnologias e soluções mais inovadoras", afirmou David Claudino, presidente da Schneider Electric Portugal, citado no documento.

O protocolo tem como objeto de atuação a fixação de áreas operacionais e regras de cooperação entre as duas entidades, no que diz respeito a atividades de assistência técnica e tecnológica e de investigação e desenvolvimento tecnológico, ações estas a concretizar no âmbito da gestão de energia e da eficiência energética de produtos e serviços e da formação nos setores do Estado, residencial e serviços, transportes e indústria, segundo o comunicado.

A Schneider Electric, que está presente em mais de 100 países, adianta que, "com este protocolo, ambas as entidades pretendem desenvolver uma estratégia conjunta de ação que envolva testes, validação, investigação e desenvolvimento de tecnologia, bem como a elaboração de casos de estudo, sessões de formação curricular na área de energia e sessões de assistência técnica e tecnológica nas áreas de intervenção supra mencionadas".

Na celebração do protocolo, David Claudino destacou o espírito de colaboração e entendimento entre ambas as entidades, "uma vez que o LNEG apresenta um importante contributo para as áreas de investigação em diversos setores como o energético que, por si só, precisa de um impulso económico e de um esforço conjunto para que Portugal consiga tirar melhor partido dos seus recursos e para que as gerações futuras possam ter acesso à melhor informação e serviços na área".


Fonte: www.eficiencia-energetica.com | 5 de setembro de 2013


Notícias relacionadas:

Investigação e indústria unidas pela eficiência energética

In www.dinheirovivo.pt | 22 de agosto de 2013

Schneider Electric Portugal e LNEG assinam protocolo de colaboração na área da gestão da energia 

In www.construir.pt | 22 de agosto de 2013

 

Pesquisar nesta área