paisagem Douro

Conselho Diretivo do LNEG visitou os trabalhos de Prospeção e Pesquisa de W, Sn e Li no âmbito do Workshop GAIN – Geobiotechnological Applications for processing Industrial Nonsulfidic raw materials

O objectivo desta rede de P & D está criando em torno dos recursos minerais de W, Sn e Li uma estratégia concertada para concorrer ao programa Horizonte 2020.

Decorreu entre 3 e 5 de Setembro um encontro (iniciativa FCUP, Prof. Noronha) que reuniu parceiros nacionais interessados na rede GAIN (liderada pelo grupo alemão GKZ – Geokompetenzzentrum, Feiberg e. V). 

Foram discutidos aspetos da geologia e metalogenia dos recursos minerais nacionais de W, Sn e Li e das tecnologias aplicáveis à sua valorização económica, havendo da parte do parceiro alemão uma maior incidência nas tecnologias de lixiviação e bio-lixiviação, como tendo uma interessante janela de aplicação na valorização de produtos mais pobres e de recuperação mais difícil pelas tecnologias tradicionais. Ocorreram visitas de campo a projectos de Prospecção e Pesquisa (1) Mina da Borralha, onde a empresa MINERÁLIA realiza trabalhos de pesquisa para avaliação do potencial de volfrâmio e (2) "filão de Adagói" que a empresa Mota & Ca pretende valorizar para o mercado do Li metal.

No segundo dia decorreu uma visita ao projeto da empresa COLT RESOURCES no jazigo de scheelite (W) de São Pedro das Águias. O projeto situa-se em plena região Vinhateira do Douro, estando o recurso mineral praticamente integrado na sua totalidade no ambiente da exploração de vinha da Quinta de São Pedro das Águias, a qual é propriedade da empresa que detém o contrato de prospeção e pesquisa. A empresa  informou que pretende desenvolver como caso exemplar de "green mining" nesta zona paradigmática.

O CD do LNEG apoiou esta iniciativa, participando ativamente nos trabalhos e tendo marcado presença nas visitas de campo (Profs. Teresa Ponce de Leão e Machado Leite).

 

Pesquisar nesta área