LNEG e NEDO – New Energy and Industrial Technology Development Organization of Japan assinam acordo para implementação de um projeto de demonstração de Gestão da Procura de Energia Automatizada em Edifícios da cidade de Lisboa

O acordo foi assinado no dia 21 de novembro de 2016, no Ministério da Economia

Fotografia tirada no Ministério da Economia durante a Cerimónia de assinatura do acordo entre o LNEG e a NEDO

O Laboratório Nacional de Energia e Geologia e a NEDO – New Energy and Industrial Technology Development Organization of Japan assinaram, no Ministério da Economia, um acordo para implementação de um projeto de demonstração de Gestão da Procura de Energia Automatizada em Edifícios da cidade de Lisboa.

O acordo, patrocionado pelo Secretário Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, é promovido por um consórcio de empresas japonesas e portuguesas (DAIKIN INDUSTRIES, multinacional especializada em sistemas de climatização, EDP Inovação, Efacec Energia e Everis Portugal), o projeto visa testar uma nova tecnologia destinada a equilibrar o consumo e a produção de eletricidade, num contexto em que grandes quantidades de energia renovável são injetadas na rede elétrica.

O sistema irá gerir a procura através do controlo remoto de unidades de ar-condicionado com armazenamento e apoiado em contadores inteligentes de energia, permitindo assim uma maior integração de energias renováveis na rede elétrica.

Este projeto permitirá igualmente avaliar o modelo de negócio para os comercializadores e assim ajustar as ofertas destinadas aos consumidores.

O desenvolvimento deste tipo de soluções tecnológicas são particularmente relevantes para mercados como o português, não só pela elevada penetração de energias renováveis, como pelo peso que os edifícios representam no consumo final de energia.

Portugal pretende alcançar 31% de energias renováveis no consumo final de energia em 2020, tendo atualmente cumprido já mais de 87% desse objetivo. Os edifícios, por seu turno, consomem um terço da energia produzida.
 

Assinatura do acordo entre o LNEG e a NEDO
 


Notícias relacionadas:

Portugal e Japão colaboram na gestão automatizada de energia em edifícios

In www.jornaleconomico.sapo.pt a 21 de novembro de 2016

Pesquisar nesta área