Abatimento de muro pôs casas em risco no Portinho da Arrábida

O presidente da associação ambientalista Clube da Arrábida sublinha que o problema de fundo do Portinho é o “enorme desassoreamento” da praia, que, segundo um relatório do LNEG, perdeu mais de 60% da areia nos últimos 50 anos.

O estudo do LNEG, apresentado em Julho de 2017, concluía que a praia, que foi já a mais emblemática da Arrábida, está atualmente reduzida a um terço da área que já ocupou. O extenso areal do século passado, que cobria 105 mil metros quadrados, está hoje reduzido a 45 mil metros quadrados de pedras e barro.

O Clube da Arrábida, que encomendou esse estudo ao LNEG, defende a implementação do plano de intervenção que foi recomendado no relatório e que passa, genericamente, pela colocação de areia nova, limpeza do espaço e resolução do escorrimento de água das encostas da serra.
 

Fonte: Jornal Público, 1 de março de 2018


Notícias relacionadas:

Portinho da Arrábida tem cada vez menos areia
In RTP Notícias, 6 de março de 2018

Abatimento de muro põe casas em risco no Portinho da Arrábida
In Jornal Público, 1 de março de 2018

Via de acesso à praia do Portinho da Arrábida destruída devido a temporal
In Observador, 1 de março de 2018

Mar leva acesso a uma das praias do Portinho da Arrábida
In Diário de Notícias, 1 de março de 2018

Pesquisar nesta área