LNEG assina três contratos de consultadoria tecnológica com as empresas NAVIGATOR, TAGUSGÁS e BIO GREEN WOODS na área dos biocombustíveis

O LNEG, através da Unidade de Bioenergia, assinou recentemente três contratos de consultadoria técnica e tecnológica com as empresas THE NAVIGATOR COMPANY, TAGUSGAS, S.A. e BIO GREEN WOODS.

O contrato de consultadoria tecnológica com a empresa THE NAVIGATOR COMPANY (ex-grupo Portucel/Soporcel) é no âmbito de estudos de viabilidade de uma futura unidade de biocombustíveis avançados a partir de materiais residuais de natureza lenhocelulósica, relacionados com a atividade da NAVIGATOR. Os estudos, que já se iniciaram, incidem sobre uma unidade de média dimensão e deverão estar concluídos antes do final do ano.

 

O contrato com a empresa TAGUSGÁS – Empresa de Gás do vale do Tejo, S.A., é no âmbito de um projeto industrial para a implementação de um sistema de produção de biometano a partir de biogás produzido em aterro e/ou digestores vocacionados para o tratamento de efluentes agropecuários e industriais. O biometano pode vir a ser injetado na rede nacional de gás natural ou ser utilizado para uso veicular, como biocombustível, após compressão ou liquefação.

 

 

O contrato com a BIO GREEN WOODS (detida pela empresa MERCÂNCIA), é no âmbito da consultoria técnica e científica para a fase de melhoria técnica e controlo de qualidade na produção de bioprodutos e combustíveis sólidos, na sua futura unidade industrial de pirólise. Esta empresa obteve recentemente um financiamento do P2020 de 7 Milhões de euros para o inicio da construção de uma unidade industrial e demonstração da tecnologia de pirólise lenta que tem vindo a desenvolver ao nível piloto.

Pesquisar nesta área