Caranguejos podem ter dado os primeiros passos em Porto de Mós

É nesse sentido que aponta a investigação que tem vindo a ser feita ao Sítio Paleontológico do Cabeço da Ladeira, a Praia Jurássica de São Bento, em Porto de Mós, cuja descoberta foi tornada pública há cinco anos.

Grande trilho atribuído a um dos primeiros caranguejos que terão existido e que foi identificado na Praia Jurássica de São Bento, em Porto de Mós. Este sítio paleontológico revela um fundo marinho constituído há cerca de 169 milhões de anos. A investigação à jaziga já contabiliza 19 espécies de moluscos bivalves, 18 icnoespécies de marcas de comportamento animal e 15 espécies de equinodermes


“Na jazida do Cabeço da Ladeira foram identificados, até agora, mais de 100 exemplares de equinodermes (estrelas-do-mar, ouriços-do-mar e crinóides) e uma grande diversidade de icnofósseis, que atestam a presença e modos de vida dos equinodermes presentes.“

Os fósseis removidos do local em 2013 encontram-se depositados no Museu Geológico do Laboratório Nacional de Energia e Geologia, estando os trabalhos de inventariação e conservação a ser realizados por uma equipa de investigadores coordenada pelo LNEG.

“A par do estudo científico da jazida do Cabeço da Ladeira, está a ser delineada a estratégia de conservação e valorização deste geossítio."
 

in jornal de Leiria - 6 de dezembro de 2018


Notícias relacionadas:

Na rota dos "santuários" paleontológicos da região
www.lneg.pt | 27 de julho de 2015

 

Pesquisar nesta área