Os recursos minerais são a nova área de investimento dos empresários portugueses

O Ministro Adjunto e da Economia de Portugal afirmou, em Luanda, que a fileira de minerais disponíveis em Angola, nomeadamente o mercado das rochas ornamentais, está a receber grande recetividade das empresas portuguesas.

Pedro Siza Vieira representa o Governo português na Feira Internacional de Luanda (FILDA), que decorre de 09 a 13 deste mês de Julho, com o dia 10 consagrado a Portugal, e onde participam cerca de três dezenas de empresas portuguesas.

Em declarações à agência Lusa, momentos depois de chegar a Luanda para visitas de trabalho e oficial, Pedro Siza Vieira lembrou que Portugal tem uma "grande experiência e capacidade instalada" no domínio dos minerais e que a questão foi posta na semana passada a industriais portugueses que mostraram “bastante interesse” em investir em Angola.

Foi referido que Angola está a fazer atualmente uma nova atualização da sua carta geológica para melhor conhecer os seus recursos naturais e que o LNEG está envolvido nesse levantamento e há recursos que são, hoje em dia, muito importantes e que devem ser explorados. Angola está a tentar aproveitar toda a fileira de minerais disponíveis e encontrar investidores e empresas capazes de aproveitar melhor esses recursos.

Siza Vieira lembrou que, na semana passada, realizou em Lisboa um encontro entre o ministro dos Recursos Naturais e dos Petróleos angolano, Diamantino Azevedo, e associações industriais do sector. "Temos uma grande experiência e capacidade instalada, particularmente nas rochas orçamentais, e foi precisamente com a associação dos industriais dessa área que fizemos o evento e parece-me que há bastante interesse das empresas portuguesas", afirmou.

O ministro português admitiu que, entre os recursos minerais, estão também os diamantes angolanos, mas sublinhou que o "objectivo essencial" é a "fileira de minerais" – ferro, terras raras, etc -, e também o setor das rochas ornamentais, "que Portugal tem empresas com enorme experiência e grande capacidade exportadora".
 

Fonte: mercado.co.ao | 6 de julho de 2019
 


Notícias relacionadas:

Rochas ornamentais angolanas recebem atenção de investidores
jornaldeangola.sapo.ao | 8 de julho de 2019

Seminário sobre Oportunidades de Investimento no Sector Mineiro de Angola
www.lneg.pt | 5 de julho de 2019

Ministro participa em seminário com investidores em Portugal
Jornal de Angola | 4 de julho de 2019

 

Pesquisar nesta área