As riquezas do subsolo português que estão à espera dos investidores

Portugal agarra-se à sua riqueza mineira e procura mais investidores

Governo vai colocar minério no mercado internacional e prepara um plano estratégico para o sector. Pedidos de prospecção e exploração estão a crescer.

O Governo prepara-se para lançar no mercado internacional três concessões para prospecção de minério na Faixa Piritosa, localizada na região sul de Portugal, onde se concentram os mais importantes jazigos nacionais de minério de cobre, zinco, chumbo, mas também de ouro e prata. Este concurso a lançar muito brevemente pela Direcção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), é uma iniciativa inédita no país e é um exemplo da atitude proactiva do Governo face ao relançamento da exploração mineira em Portugal.

Uma avaliação das reservas de minérios nacionais, feita pelo LNEG, aponta para um valor equivalente a um PIB (valor total de todos os bens e serviços produzidos no país durante um ano), ou aproximadamente 165 mil milhões de euros. Actualmente, a exploração de minério representará entre três a quatro por cento do PIB, valor que, com os contratos assinados recentemente, deverá subir para perto do dobro, admitiu Mário Machado Leite, vogal do LNEG.

Leia a notícia completa

In PÚBLICO - PRINCIPAL a 6 de Novembro de 2011

Pesquisar nesta área