Horizonte 2020: CE organiza sessão sobre a área da energia

A Comissão Europeia (CE) está a organizar uma sessão informativa sobre a componente energia no novo Programa-Quadro Horizonte 2020, a realizar no próximo dia 5 de Dezembro em Bruxelas.

O evento irá fornecer informações sobre as regras de participação no programa, que cobre as áreas da eficiência energética, energia competitiva de baixo carbono, smart cities e comunidades, e dar respostas sobre esta nova e simplificada iniciativa.

A maior tranche de financiamento vai para a terceira prioridade do programa - “Desafios Societais” – da qual 5.2 mil milhões de euros se destinam a todos os aspectos ligados à energia excepto o nuclear, representando o equivalente a 7,7% do montante total do Horizonte 2020. Este programa para a investigação, inovação e competitividade, que irá substituir o Programa Energia Inteligente Europa, destina 85% deste montante às renováveis, eficiência energética, smart grids e armazenamento, estando cerca de 787 milhões de euros implicados em fomentar a aceitação do mercado. Os restantes 15% do financiamento serão aplicados na investigação sobre tecnologias de combustíveis fósseis ligadas à captação e armazenamento de carbono.

No Plano Estratégico para as Tecnologias Energéticas, a União Europeia compromete-se a acelerar o desenvolvimento de tecnologias de baixo carbono, tendo em vista um portfólio diversificado de tecnologias “limpas” e eficientes, mais acessíveis e competitivas – estimando  um investimento adicional de 50 mil milhões de euros para investigação neste campo.

Iniciativas para a rede europeia de electricidade, para a energia solar, eólica ou para smart cities podem ser encontradas no pacote “Energia Segura, Limpa e Eficiente”.

No total o Programa-Quadro propõem-se a financiar a investigação e inovação europeias com cerca de 70.2 mil milhões de euros, arrancando em 2014 e substituindo o 7º Programa Quadro que expira este ano. 


Fonte: www.edificioseenergia.pt | 5 de novembro de 2013

Pesquisar nesta área