Responsável
Luís Manuel Pina Correia Rebelo
Tel.:
+ 351 210 924 637 - ext.: 4637
Fax:

SANDEX - Extracção de Areias na Plataforma Continental Portuguesa: Impactos e Evolução Morfodinâmica

resumo

A exploração de depósitos de areias existentes na plataforma continental para diversos fins (ex. alimentação de praias e actividades da indústria e da construção) representa uma alternativa interessante às usuais explorações feitas nos rios e nas suas embocaduras, devido à qualidade do material extraído, à sua disponibilidade e às facilidades de transporte. A extracção de sedimentos num determinado local produz escavações que evoluem ao longo do tempo. Estas tendem a ser preenchidas com sedimentos provenientes de locais vizinhos a uma taxa que é ditada, entre outros factores, pelo volume de sedimentos extraído, pela profundidade à qual foi feita a extracção e pelas condições hidrodinâmicas vigentes nesse local. Em certas condições, o processo de enchimento da escavação e as modificações locais da ondulação associadas às alterações da batimetria podem induzir impactos negativos no balanço sedimentar costeiro, promovendo eros ão na costa. Outras perturbações poderão causar impactos locais na fauna, na flora e na qualidade da água. Este projecto tem como principal objectivo avaliar os impactos físicos decorrentes da extracção de areias e de cascalhos no balanço sedimentar costeiro e na evolução da linha de costa. Para tal é necessário analisar os processos hidrodinâmicos que os determinam. Este estudo irá ser feito com base no modelo numérico bidimensional morfodinâmico MORSYS2D e no modelo de evolução da linha de costa LITLINE. Duas áreas, localizadas na costa ocidental e na costa sul de Portugal, caracterizadas por regimes de ondulação distintos, são estabelecidas como locais potencialmente interessantes para a extracção de inertes. Será efectuada uma caracterização sedimentológica das áreas de estudo, o que permitirá mapear em detalhe a estrutura geológica e a distribuição de sedimentos depositados no fundo. Os dados adquiridos serão utilizados quer na formulação de possíveis configurações de extracção (em termos das suas dimensões, nos volumes de sedimentos extraídos e na distância à costa), quer na determinação de condições necessárias para as simulações computacionais. Simulações numéricas de curto -médio - e longo -termo serão efectuadas para as configurações estabelecidas, o que permitirá avaliar os tempos de regeneração das escavações e o seu impacto na linha de costa. Ter-se-ão em conta diferentes regimes de ondulação representativos para as áreas em estudo assim como a ocorrência de temporais. Serão estabelecidas linhas gerais de orientação relativamente aos locais de extracção tendo em conta os seus efeitos no balanço sedimentar. Uma terceira área, localizada na ilha do Faial, Açores, será também estudada. Neste caso, o objectivo consiste em monitorizar pelo período de um ano a evolução de escavações existentes, avaliar o seu impacto na topografia de fundo e caracterizar a dinâmica sedimentar desse local.

Pesquisar nesta área
Temas relacionados