ProEthanol2G - Integração da Biologia e da Engenharia numa Biorrefinaria de Bioetanol de Segunda Geração Económica e Energeticamente Eficiente

resumo

O Projeto PROETHANOL2G foca-se na integração efectiva e desenvolvimento de tecnologias avançadas, através da utilização combinada de Biologia e Engenharia para a produção de bioetanol de segunda geração (2G) a partir de biomassa lenhocelulósica representativas da Europa (palha de trigo) e do Brasil (bagaço e palha de cana). As atividades de investigação estão concentradas nas seguintes áreas:

i) pré-tratamento de biomassa

ii) tecnologias de conversão para bioetanol de segunda geração (2G)

iii) destilação a baixa temperatura

iv) tecnologias de conversão (usando os sub-produtos dos bioprocessos) para electricidade e outros materiais de valor acrescentado

v) integração completa do processo e avaliação da sustentabilidade

A combinação efectiva de pré-tratamento, hidrólise enzimática e fermentação, usando leveduras adaptadas e robustas com novos fenótipos, é um claro objetivo deste projeto, uma vez que é a chave para a produção económica de etanol lenhocelulósico.

No final do projeto, o objetivo é o de obter uma integração significativa de processos tecnológicos:

Para a Europa: Produção eficiente de bioetanol e energia elétrica a partir de 100% de palha de trigo

Para o Brasil: Produção eficiente de bioetanol e energia elétrica a partir de 100% da cultura de cana de açúcar, incluindo bagaço e palha.

 

Página do Projeto: www.proethanol2g.org

Pesquisar nesta área
Unidades envolvidas