EGEM - Energia Geotérmica Estimulada da Região da Madeira

resumo

.

Os dados geológicos disponíveis sobre a Ilha da Madeira permitem supor condições favoráveis, que é necessário confirmar, para a pesquisa de fontes de calor a profundidades passíveis de exploração para produção de electricidade.

As principais fases neste tipo de estudos são:

1) Estudo prévio (prospecção/avaliação) – fundamental para se obter a máxima informação sobre a possível localização de fontes térmicas e respectivos sistemas;
2) Caracterização do reservatório identificado através de uma ou mais sondagens cuja localização e profundidade foram estimadas pelo estudo anterior, à qual se segue a estimulação do reservatório;
3) Instalação da central geotérmica para exploração.

Os trabalhos referentes ao estudo prévio expedito, a que respeita esta proposta, implicam várias actividades a seguir descriminadas:

No âmbito da Geologia
Cortes geológicos de fácies vulcânicas e descontinuidades geológicas dos centros vulcânicos mais recentes no sentido de identificar os alinhamentos promissores;
Cartografia das redes filonianas e falhas;
Cartografia das zonas de alteração hidrotermal (zonas de ascensão de fluidos);
Datações absolutas;
Análises geoquímicas de rocha.

No âmbito da Hidrogeologia
Medição de níveis piezométricos, hidrodinâmicos e de parâmetros físico-químicos in situ;
Análises químicas das águas (iões e gases).

No âmbito da Geofísica
Medições de temperaturas em poços e nascentes com sondas portáteis;
Definição do campo magnético, através de magnetómetros;
Definição da estrutura do edifício vulcânico recorrendo a sismógrafos de longo e curto período.

A coordenação é assegurada pela Doutora Maria Luísa Duarte.