InEDIC - Inovação e Ecodesign na Indústria Cerâmica

resumo

Este projeto consistiu no desenvolvimento de materiais de formação na área do ecodesign direcionados para o sector cerâmico, de modo a fornecer aos designers, entidades de formação e educação e também às empresas, recursos formativos e ferramentas que possibilitam a integração e aplicação desta estratégia de sustentabilidade no desenvolvimento dos seus produtos. Os materiais foram explorados em ambiente empresarial através de projetos-piloto, e assim adaptados às necessidades concretas do sector cerâmico e às realidades nacionais dos parceiros envolvidos. Incluíram o desenvolvimento de uma base de dados de materiais e de tecnologias relevantes para o sector, incluindo nas suas especificações informação ambiental, para além de características técnicas, económicas e tecnológicas, que possam auxiliar os designers e projetistas na tomada de decisão durante o processo de desenvolvimento dos produtos.

O InEDIC contou com uma parceria nacional e internacional (Portugal, Espanha e Grécia), totalizando 18 parceiros com experiência reconhecida na área do ecodesign e/ou no sector cerâmico, incluindo centros de investigação, institutos de formação, associações e empresas. Em Portugal foram parceiros, para além do LNEG, o Centro Português de Design (CPD), o Centro de Formação Profissional para a Indústria Cerâmica (CENCAL), o Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro (CTCV), a Escola Superior de Arte e Design do Instituto Politécnico de Leiria (ESAD-IPL) e quatro empresas cerâmicas representando diferentes subsetores: Cerâmica Moderna do Olival, Faria e Bento, Revigrés e SPAL.

Objetivos:

  1. Promover a adoção de estratégias e práticas de ecodesign na indústria cerâmica através da realização de projetos de demonstração em pequenas e médias empresas europeias e através de ações de formação-ação dos designers, estagiários e outros profissionais relevantes;
  2. Contribuir para a competitividade do sector cerâmico europeu, criando mais valor para as empresas, no quadro dos desafios do desenvolvimento sustentável e da globalização;
  3. Propiciar o desenvolvimento de produtos cerâmicos inovadores e mais ecoeficientes, que constituam exemplos de boas práticas inspiradoras para outras empresas;
  4. Desenvolver materiais didáticos para a formação profissional e ensino universitário sobre ecodesign aplicado a produtos cerâmicos, no sentido de dotar os designers e outros profissionais relevantes de competências directamente aplicáveis à realidade empresarial;
  5. Promover a integração dos materiais desenvolvidos na estrutura dos cursos de design e de cerâmica no contexto académico e de formação profissional, assegurando assim a capitalização dos resultados do projeto e garantindo um elevado efeito multiplicador;
  6. Contribuir para a qualificação dos ativos do sector e para o aumento da empregabilidade dos recém formados/licenciados
  7. Contribuir para a formação de qualidade em desenvolvimento sustentável em Portugal, nomeadamente no quadro da Década da Educação para o DS, da UNESCO.
     

O InEDIC foi financiado pelo programa Aprendizagem ao Longo da Vida, subprograma Leonardo da Vinci, Transferência de Inovação.
 

Logo - Programa Aprendizagem ao Longo da Vida

 

Pesquisar nesta área
Temas relacionados