LNEG 2.0 - Mais Inovação e Competitividade

resumo

No seu conjunto o Programa terá visibilidade de resultados ao assegurar que os serviços do LNEG serão realizados com a máxima qualidade e participação colaborativa de todos os cidadãos, desde a recepção de pedidos de informação, à realização de projectos e à divulgação dos resultados finais.

A Operação decompõe-se em 10 Projectos:

1. Actividade: Planeamento Estratégico da Actividade – Programa de Modernização

2. Actividade: Reengenharia e Desmaterialização de Processos de Negócio (BPM)

3. Actividade: Reforço da Informação para Gestão Estratégica (BI)

4. Actividade: Monitorização Online do SIADAP III

5. Actividade: Rede Interna Colaborativa

6. Actividade: Desmaterialização e Licenciamento Online de Documentos

7. Actividade: Digitalização do Arquivo Existente para Disponibilizar ao Mercado

8. Actividade: Plano Estratégico de Desenvolvimento dos Sistemas de Informação (PESI)

9. Actividade: Desenvolvimento da Infra-estrutura Tecnológica e do Data Center

10. Actividade: Autenticação e Gestão de Acessos com base no Cartão do Cidadão

 

As motivações para a candidatura foram as seguintes:

Eficácia e Eficiência Interna: Uma das constatações que introduz ineficiência e ineficácia nos processos e com impacto na qualidade da prestação do serviço e consequente satisfação dos clientes, prende-se com o facto que a tramitação processual estar muito dependente da capacidades organizativa individual dos colaboradores. É necessário uma plataforma que permita conhecer o estado de todas as actividades independentemente do colaborador responsável para execução e seguimento. A desmaterialização deverá funcionar como instrumento facilitador e de indução à mudança, principalmente para promover a tramitação de documentos apenas em formato digital e endereçamento de documentação pelos diversos colaboradores do LNEG e entidades externas.

Novos Serviços e Maior Oferta: O LNEG pretende disponibilizar o acesso digital a um espólio alargado (pela digitalização) de documentos do LNEG num contexto de biblioteca virtual para maximizar a capacidade de acesso (interno e externo) à informação. Estes novos serviços devem incluir a capacidade de pagamentos electrónicos de serviços de aquisição digital e/ou impressão de documentos do espólio do LNEG, e aumentar o número de objectos de negócio.
Como resultado directo pretende-se também minimizar a recepção de pedidos e envio de documentos por correio electrónico, implementando uma linha de “self-service”, contribuindo para a desmaterialização de documentos e agilizando o relacionamento entre a Administração Pública e o cidadão.

Infra-estrutura Tecnológica Robusta: Para melhorar o nível do serviço prestados às empresas e cidadãos o LNEG necessita de se alicerçar numa infra-estrutura metodológica e operacional, assente numa arquitectura de sistemas, que deverá funcionar como instrumento facilitador e de indução à mudança.

Equipa