BioBlocks - Conceção de produtos de base biológica como percursores para a bioindústria de síntese química e de biomateriais

resumo

O projeto BioBlocks tem como promotor a SOPORCEL (Sociedade Portuguesa de Papel, S.A.) e envolve como co-promotores o RAIZ (Instituto de Investigação da Floresta e Papel), a UB-LNEG e o LSRE-FEUP (Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto), e também o CICECO-UA (Universidade de Aveiro) e o IPB (Instituto Politécnico de Bragança).

Este projeto visa a valorização integrada de resíduos/sub-produtos do processo de produção de pasta e papel, tendo como objetivo reforçar a competitividade da empresa promotora na fileira florestal, através do desenvolvimento de novos mercados na área da “bioeconomia”.

Os materiais lenhocelulósicos estudados serão usados como matérias-primas renováveis para a obtenção, por via química ou biológica, com base numa plataforma de açúcar ou lenhina, de produtos comercias (biocombustíveis, bioquímicos e biopolímeros).

Pesquisar nesta área
Unidades envolvidas