LocalEnergy - Recursos Locais para Aplicações Multifuncionais de Captação de Energia com base em Tetraedrite

resumo

As fontes de energia renováveis desempenham um papel importante na transição energética e, por conseguinte, no “mix” energético do futuro. Esta transição energética requer mais progressos e desenvolvimentos em todos os aspetos relacionados com as tecnologias renováveis, incluindo a investigação e inovação de novos materiais e com melhor desempenho, por exemplo, em materiais para a captação de energia a partir de fontes renováveis ou para a conversão de energia térmica desperdiçada em eletricidade em pequenas instalações locais.

Como contribuição para este esforço mundial, as atividades de investigação do projeto "LocalEnergy" centram-se no desenvolvimento de novos e eficientes materiais termoelétricos e fotovoltaicos baseados na tetraedrite, mineral de sulfureto de cobre e antimónio (Cu12-xMxSb4S13, x menor ou igual a 2) constituído por elementos abundantes e de baixa toxicidade. Especificamente, o projeto "LocalEnergy" abordará o uso de tetraedrites naturais e sintéticas para aplicações termoelétricas e de materiais à base de tetraedrite sintética como novos absorsores solares para aplicações fotovoltaicas. Esta estratégia é muito relevante considerando que os atuais materiais termoelétricos e os principais constituintes das células solares de filme finos contêm elementos raros ou tóxicos.

"LocalEnergy" assenta numa abordagem disruptiva de acordo com os seguintes pilares:

i) Excelência Científica. O projeto "LocalEnergy" é constituído por uma equipa de investigação multidisciplinar que envolve investigadores e instituições com um historial de Excelência Científica no domínio da ciência dos materiais, da geologia e das energias renováveis.

ii) Desafios Societais. O projeto "LocalEnergy" visa o desenvolvimento de materiais termoelétricos e fotovoltaicos de baixo custo e de baixo impacto ambiental, explorando dois importantes recursos endógenos, energia solar e minerais. Portugal é um dos países europeus com maior nível de irradiação de energia solar e a tetraedrite é um recurso mineral local, presente na Faixa Piritosa Ibérica. A utilização destes dois recursos endógenos em aplicações inovadoras de captação de energia deverá ter um impacto positivo, social e económico, nas indústrias solar (energia solar concentrada e fotovoltaica) e mineira.

Este trabalho é financiado por fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto PTDC/EAM-PEC/29905/2017.
 

Instituição coordenadora:

LNEG - Laboratório Nacional de Energia e Geologia, I.P.

Instituições participantes:

IST-ID - Associação do Instituto Superior Técnico para a Investigação e o Desenvolvimento; NOVA.ID.FCT - Associação para a Inovação e Desenvolvimento da FCT.